Arlequim é um rapaz ao mesmo tempo atrapalhado e esperto. Ele ganha a vida prestando serviços pessoais a ricos cavalheiros e, para melhorar sua renda, resolve servir a dois patrões sem que um saiba do outro. O que ele não sabe é que Frederico, um de seus patrões, é na verdade a jovem Beatriz, que se passa pelo falecido irmão para administrar os seus negócios. Para tornar tudo ainda mais intrincado, o outro patrão, Florindo, foi o responsável pela morte de Frederico e tem uma história de amor com Beatriz.

FICHA TÉCNICA

Texto Original: Carlo Goldoni | Adaptação do Texto: Camilo Fróes, Vinício de Oliveira Oliveira e elenco | Direção: Vinício de Oliveira Oliveira | Cenário: Franziska Bornkamm, Lorena Torres Peixoto | Figurino original: Flávia Botelho, Wládia Góes | Figurino a partir de 2006: Luiz Santana | Iluminação: Rivaldo Rio | Maquiagem original: Beto Laplane | Maquiagem a partir de 2006: Luiz Santana | Orquestra Furi-Furi (a formação variou diversas vezes dentro das temporadas entre os músicos: Beto Bomfim, Estevam Dantas, Gui Alcântara, Guilherme Gentil, João Milet Meirelles, Maria Izabel, Mariana Marin, Moreno Labirda, Ualeson Santos, Wruahy Mcmilliam | Coreografia: Jairson Bispo | Preparação Corporal: Neguinho | Esteiras: Flávio Lopes | Elenco – Estreia: AC Costa, Camila Mota, Camilo Fróes, Carlos Matias, Eddy Veríssimo, Fernando Pessoa, Gil Novaes, Luiz Buranga, Nildo Ferreira, Roquildes Junior, Simone Brault |Substituições de Elenco: Camilla Sarno, Dailton José, Érica Ribeiro, Inácio D’eus, Israel Barretto, Jeferson Dantas, Luiz Antônio Jr., Manuela Santiago, Thaís Alves, Vinicío de Oliveira Oliveira, | Projeto Gráfico: Camilo Fróes | Ilustração: Rômulo Pacheco | Produção – Estréia Camilo Fróes | Produção – Atual: Eddy Veríssimo, Luiz Antônio Jr. | Realização | A Outra Companhia de Teatro, Teatro Vila Velha.

X